Saturday, June 03, 2006

site de poesia falada




hourglass
Luciana Teruz
http://www.teruz.com/




Tem uma torneira vazando
enlouquecendo em azul
a noite.
Cai em ritmo de segundos.
Tatua o tempo em estilhaços líquidos.
Estoura em fragmentos.
Os pingos alertam
o que a areia silencia - enganosa.
Hoje tudo está rubro
– farfalhante –
a camisola de fogo combina
com o pingar aflito do tempo
– água –

minha alma silenciosa
necessita coragem
para a inevitável passagem
de grão de areia para pingo d'água.
Bárbara Lia
*
Barbarus Hic Ego Sum - Site de poesia falada da Bárbara Lia:
http://barbarushicegosum.tripod.com/index.html
O site é um presente de José Tadeu Agneli Filippini - Ator e Professor de Inglês que vive em São Paulo.
Ele gravou alguns poemas meus e criou uma bela página, que me deixou comovida prá caramba.