Saturday, January 30, 2010

Labirinto feito em casa




VOCÊ
Olho-te no serpentário
Labirintos de estrelas do mar
Minérios de rosas
Não seriam jasmins?
O livro se abre em ninfas
Quebrando suas estruturas
Era sempre mentira!
Não enxergas na polpa do absoluto...
Na sombra do helicóptero a luminosidade
Você desaparece na solidão.

Thomas Gabriel





.

Meu filho é poeta - para quem não sabe - escreveu um único livro de poesias em 2002 quando tinha 13 anos. Um espanto meu guri, estas poesias eu reuni em um livro, ele escolheu este título - Ventos do Labirinto.


.