Wednesday, November 12, 2014

Assaí em Poesia - II Sarau Experiência Poética na Escola





Quando participei do I Sarau do Colégio Estadual Barão do Rio Branco na cidade onde nasci - Assaí - conheci a professora Regina Goes, que era uma das poetas homenageadas. Ela se aproximou e presenteou-me com um pano de prato bordado em ponto cruz e disse que aquele bordado havia sido feito por sua mãe e ela queria me dar por recordar de quando a mãe dela contava de sua amiga Patrocínia (minha mãe), eu recolhi palavras em minha memória e lembrei minha mãe contando sobre uma família de amigos e dela e meu pai frequentemente dizer o nome - José Goes. Quando fui convidada para ir até lá neste novembro para o II Sarau, eu disse da minha atual condição. De não poder (momentaneamente) andar, então eu recebi notícias. Dos alunos a lerem meus poemas, a escolher o poema que dirão no palco do II Sarau, acompanhando a preparação eu recebi da professora Rosana Torquato o convite e que poderia indicar alguém para me representar... Lembrei da amizade que uniu nossas mães e optei por indicar a Regina Goes para representar-me no II Sarau. Na minha pequenina Assaí, nesta sexta-feira, a poesia sobe ao palco, os alunos estão entusiasmados e vou estar lá, se não em corpo físico, com todo meu amor pela cidade onde nasci, pelas crianças do Colégio, pela garra das professoras que levam poesia para a sala de aula, pela alegria de estar viva e ser parte das horas belas... Que o Sarau tenha a mesma aura de simplicidade encantada do primeiro sarau, e que os meninos e meninas conterrâneos sigam a ler, sempre... Na minha passagem pela cidade naquele primeiro evento, na volta recebi um e-mail da Regina com um poema que lembra este vínculo ancestral, a amizade dos nossos pais...


ENCONTRO DE POESIA


AQUELE CASAL , QUE DIRIA !
PATROCINA E LADERCIO AMARAL
ERAM , NA VERDADE
SERES QUE EU CONHECIA.
NÃO CONHECI DE MENINA
NEM TÃO POUCO CONHECI EM CRESCIDA
ERAM DAS LEMBRANÇAS FILIAIS
PELOS PAIS SEMPRE REFERIDA.
DOS CONSELHOS DE PATROCINA
MAMÃE SEMPRE RECORDAVA

LÁ VINHA EXUBERANTE
FALAR DA AMIGA DISTANTE
ELE AGRIMENSOR DE OUTRORA
OUTRA TERRA PROCUROU
MAS A DISTÂNCIA E A SAUDADE
OS CASAIS NÃO AFASTOU

NUMA VISITA HÁ TEMPOS
JÚLIA NÃO CONTEVE A EMOÇÃO
PUDE ENTÃO
CONSTATAR SUA GRANDE ADMIRAÇÃO

VEJA QUE ENGRAÇADO
NUM ENCONTRO DE POESIA
CONHECI
QUEM DIRIA,
A FILHA
BÁRBARA LIA !

OBRIGADA, SENHOR
POR ESTE MOMENTO
DE PURA NOSTALGIA
ONDE NOVAMENTE
LADERCIO E PATROCINA
JOSÉ E JÚLIA
REENCONTRAM-SE
EM REGINA E BÁRBARA LIA.

 E ELES CONSEGUIRAM MATAR A SAUDADE NOVAMENTE...

 Regina Goes