Tuesday, June 18, 2013

o ódio pequeno...




O Ódio Pequeno


Bárbara Lia



A revolta do vinagre vai mudando tudo...
Desfaz o cenário, muda o panorama, interdita ruas, traz novos ventos, ignora as siglas.
A revolta do vinagre move as pessoas e remove a ferrugem de décadas, quiçá séculos.
A revolta acena como uma mãe na janela que diz entra...
A casa é tua, que bom que você voltou, estava sentindo a falta, um filho não deve viver no ar, no escuro, no chão, atrás dos muros...
Um filho precisa tomar posse da mesa, beber o leite tirado no dia, comer o pão assado pela manhã...
A revolta do vinagre mudou tanto em tão poucos dias...
Só não tirou o ranço do ódio fascista de alguns corações.
Como se todos despissem o antigo e atravessassem um rio para começar puros.
E alguns levassem aquela mancha antiga, o ódio pequeno aninhado na palma da mão.