Wednesday, October 25, 2017

A Poesia segue...



O "Buffet de Poesia" projeto do poeta pernambucano Carlos Barros segue sua jornada em Pernambuco:
"Poetas paranaenses são expostos no XI Encontro FAFIRE (Faculdade de Filosofia do Recife), através do Buffet de Poesia.
De 25 a 27.10.2017, Av. Cde. Boa Vista, 927, Recife."

Também na Felipi - Feira Literária de Piancó - dias 08 e 09 de Novembro.

Gosto quando minha poesia viaja...

O "Buffet de Poesia" foi criado no final do século passado, em 1997 meus poemas foram impressos pela primeira vez no projeto que agora o Carlos Barros retomou. 

Monday, October 23, 2017

- "Ave Roc" Roberto Echavarren - Medusa / 2017 - Coleção Américas Transitivas.





Como escreve bem o Echavarren!

Ainda estou na metade do livro, mas devorei cem páginas ontem durante a noite... Aventuras apócrifas de Jim Morrison. Romance histórico sobre os anos sessenta.
Estilhaça as fronteiras de gênero, romance delicado, escrito com maestria, encharcado de poesia, adoraria ler o original, mas este encontro com esta narrativa (tradução Antonio Roberto Esteves) faz oxigenar o sangue com flores de um tempo diferente, de escandalosa beleza.


Belíssima a coleção - Américas Transitivas - pode ser encontrada toda ela no site da ZOona II - Américas Transitivas - lançamentos dos participantes da Festa Literária, com direito a uma edição de - Ilhas - do Wilson Bueno. Presente sempre quando se lembra o Portunhol, as Américas, a palavra.


Videocontos: Solidão / Máquina (Revista Verbografia)

plaquete 21 - trilogia

Durante este tempo dedicada a escrever poesia, dialoguei infinitas vezes com estas autoras: Sylvia Plath, Emily Dickinson e Frida Kahlo. Os poemas e textos estão nesta trilogia. A cada título uma referência à cidade onde cada uma delas nasceu. 
A lua é presença nos poemas de Sylvia e o título do livro é - Lua de Boston...

A lua não tem nada que estar triste,/ Espiando tudo de seu capuz de osso./ Ela já está acostumada a isso/ Seu lado negro avança e draga. (tradução Rodrigo Garcia Lopes e Maurício Arruda Mendonça)

O espírito solar de Frida, o México vibrante a transforma em - Sol de Coyoacán. 

A cidade de Amherst abriga a nitidez absurda da poética de Emily, este cair sublime como orvalho na pétala, esta poesia magistral que atravessa séculos e se mantém nesta vanguarda que nada muda. A minha poeta mais amada e alguns textos e poemas a ela dedicados, por ela inspirados. Emly é - O Orvalho de Amherst

A trilogia do diálogo feminino traz livros com mais ou menos 21 páginas, tecidos de forma artesanal.


Detalhes no meu e-mail: barbaralia@gmail.com




Tuesday, October 17, 2017

Poemas na Revista InComunidade

Algumas poesias na Revista InComunidade de Porto - Portugal, editada por Henrique Prior e Jorge Vicente. Clicar no link para a edição atual:

http://www.incomunidade.com/v61/index.php


Monday, October 09, 2017

As filhas de Manuela

Para adquirir o livro contato via e-mail - barbaralia@gmail.com


As filhas de Manuela - Bárbara Lia
Romance
Menção Honrosa na Primeira Edição do "Prémio Fundação Eça de Queiroz" - Portugal
Capa: Félix Nadasr (1820-1910)
Edição Triunfal (SP)
ISBN 978-856117566-6



Sinopse:

As Filhas de Manuela trafega pelo realismo mágico.
 É um romance de fôlego, inicia em 1839 em plena Guerra dos Farrapos e segue até os dias atuais. 
O enredo acompanha a vida de todas as descendentes de Manuela, uma garota simples de Paranaguá 
que, ao encontrar um oficial da Armada Nacional, muda totalmente de direção a sua vida pacata em
uma busca e esta busca pelo homem amado a levará ao encontro de alguém cruel. 
Este homem, rejeitado por Manuela, amaldiçoará Manuela e as futuras gerações. 
Esta maldição acrescentará dor e perdas e o adendo de levarem, todas as mulheres da estirpe de Manuela,
uma sombra da cor do sangue.
Como cada mulher viveu esta peculiaridade e os desdobramentos deste encontro de Manuela com o amor
 e o ódio vai definir os passos futuros em um  ciclo de perdas e superações.

Monday, October 02, 2017

Buffet de Poesia na XI Bienal do Livro de Pernambuco


- Muito feliz com esta - volta ao início. Foi através deste projeto que meus poemas foram mostrados ao público pela primeira vez, em 1997 - aqui em Curitiba e no Congresso Brasileiro de Poesia em Bento Gonçalves. Quando o Carlos Barros convidou-me para esta nova edição do Buffet de Poesia fui invadida por uma sensação nostálgica como quem retorna a um lugar onde foi feliz.
Agora, os amantes da Poesia podem ir à Bienal do Livro de Pernambuco e conhecer este projeto - contado em detalhes abaixo pelo poeta que criou o Buffet. Tem cinco poemas meus. Publiquei um poema do Edu Hoffmann ao lado do meu, conheci a poesia do Edu neste projeto, sempre tão irreverente, ao mesmo tempo zen. Neste projeto várias vertentes poéticas e muitas vozes. Estou muito feliz por retornar ao meu momento primeiro.
Viva! A poesia é este espaço maravilhoso que oxigena o ar em tempos tão difíceis. Gracias Carlos Barros, sempre alavancando a beleza de várias formas, e espalhando versos de norte a sul. 





Buffet de Poesia© 
Projeto: Carlos Barros

Buffet de Poesia© é um Projeto Editorial, criado pelo poeta pernambucano Carlos Barros, que lançará trabalhos de vários autores, no gênero Poesia, de maneira inteiramente nova, permitindo que os leitores formem o próprio livro desejado, numa interatividade até hoje inédita no mercado editorial. Os trabalhos do Projeto são editados em folhas soltas, nas dimensões de 138 mm, por 210 mm, sendo o miolo em papel 90 gramas e as capas em papel 180 gramas. A ideia básica é expor e vender as páginas por unidade e a capa separadamente, dando assim, ao leitor, a real opção de escolha do livro que pretende adquirir, se desejar adquirir um livro. O Buffet de Poesia© permite que o leitor adquira desde uma só página, até o máximo exposto, com capa ou sem capa. No caso da compra de um volume, este poderá ser grampeado, ou embalado em sacos plásticos, conforme seu desejo. Dessa forma, o Buffet de Poesia© não é apenas um livro, mas uma ideia nova e inovadora, que muda a relação leitor/autor/editor, abrindo uma oportunidade de integração até então inédita entre os maiores interessados na literatura publicada, permitindo que o leitor/consumidor tenha papel ativo e positivo no mercado editorial.

Lançado em Curitiba-PR, em 1996, o Buffet de Poesia© chega agora ao Nordeste, através da XI Bienal do Livro de Pernambuco, a realizar-se entre os dias 06 e 15 de outubro de 2017, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda-PE.

O Buffet de Poesia© estará exposto no estande da “Terraço dos Gatos, gráfica artesanal”, gráfica oficial da Bienal.

Nesta nova edição, o Buffet de Poesia traz trabalhos de 16 (dezesseis) poetas das mais variadas cidades brasileiras, tais como de Recife e Ouricuri, em Pernambuco; Curitiba, Assaí, Jacarezinho, Ibiporã e Maringá, no Paraná, além de Rio de Janeiro-RJ, Montes Claros-MG, Cuiabá-MT e Porto Alegre-RS.