Thursday, August 09, 2007

EDSON FALCÃO

O tempo que um pé leva
Para sair do chão e retornar
Forma um passo
O tempo de um passo é o tempo-amor
Nesta imagem o pé sou eu
O tempo é ele mesmo com pequenas variações de tempo
O chão é você
EDSON FALCÃO
- Curitiba - PR

poesia publicada na edição nº 2 do mural de poesias
BEATRIZ - editado por Rodolfo Brandão