Tuesday, December 18, 2007

RÛMI



"Vem, te direi em segredo
aonde leva esta dança.

Vê como as partículas do ar
E os grãos da areia do deserto
Giram desnorteados.

Cada átomo
Feliz ou miserável
Gira apaixonado
Em torno do Sol

Ninguém fala para si mesmo em voz alta
Já que todos somos um
Falemos de outro modo

Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma
Fechemos pois a boca e conversemos através da alma
Só a alma conhece o destino de tudo passo a passo
Vem, se te interessas, posso mostrar-te

Na verdade, somos uma só alma, tu e eu,
Nos mostramos e nos escondemos tu em mim, eu em ti,
Eis aqui o sentido profundo da minha relação contigo
Porque não existe, entre tu e eu, nem eu, nem tu..."
Jalal ud-Din Rumi (1207-1273),




Rumi, o místico do amor
Leonardo Boff *
Adital -
Neste ano se celebram 800 anos de nascimento de Jalal ud-Din Rumi (1207-1273), o maior dos místicos islâmicos e extraordinário poeta do amor. Nasceu no Afeganistão, passou pelo Irã e viveu e morreu em Konia na Turquia.
- texto completo de Leonardo Boff: