Sunday, November 07, 2010

Minhas poesias preferidas VII

Fala



Tudo
será difícil de dizer:
a palavra real
nunca é suave.

Tudo será duro:
luz impiedosa
excessiva vivência
consciência demais do ser.

Tudo será
capaz de ferir. Será
agressivamente real.
Tão real que nos despedaça.

Não há piedade nos signos
e nem no amor: o ser
é excessivamente lúcido
e a palavra é densa e nos fere.

(Toda palavra é crueldade)
ORIDES FONTELA
 
http://pt.wikipedia.org/wiki/Orides_de_Lourdes_Teixeira_Fontela
 
 
( Estas postagens das minhas poesias preferidas - na verdade é uma pequena seleção para lembrar alguns poetas que sacudiram dentro e que eu recordo com poesias esparsas. A obra é muito maior e cada qual verteu belezas neste legado maravilhoso )