Saturday, May 24, 2014

Il Mondo




Os poetas, incluso os anônimos, ajudam a equilibrar a saúde do sangue do mundo. São uma espécie de betabloqueadores das substâncias que podem matar as células vitais das almas. Fico pensando se este mundo doente é por ter muitos poetas-placebo... Ou, se existe uma falta total de Filosofia, Poesia, Beleza, e Luz... Sei não. Nada sei. Nada sou. Só quero sentir o pulsante mundo vivo, aquele, o Antigo. O que palpita ainda em um túnel. O irrecuperável mundo onde nadei, e amei. 
Bárbara Lia, estranhando o mundo cada dia mais...
Ontem pensei assim: Perdi o mundo e não faço questão de encontrá-lo...



(imagem do filme - a árvore da vida - terrence mallick)