Thursday, November 30, 2006

UMA POESIA:


.

.
.

.
.
.
.
.
.
.
.
.




se eu pudesse ter o presente impossível
pediria - os olhos mel de minha mãe -
eles me viam inteira
- um catavento topázio eclipsando o cinza.

sem o mel
que me cobria...um dia sou cinza,
em outros, catavento.
e entre eclipses sazonais:
topázio.
BÁRBARA LIA