Friday, November 07, 2014

da liberdade




Se eu sou livre? Eu sou tão livre como as damas da noite, as camélias nos galhos, os flamingos que vicejam acima da branca areia de uma praia em África, mais livre que a luz que rebenta frestas e atira vida nos cárceres.
Bárbara Lia
(O sal da primeira onda - inédito)