Tuesday, June 14, 2005

incômoda magia

black-and-white, woman, dark


Campo de safiras, este olhar.
Silêncio de altas noites egípcias.
Segredo de esfinge no ar
de mil e uma noites.
Luz helênica ao redor.
A ama de rosto hindu,
curva-se, cerra cortinas,
afasta-se – estamos sós.
Flor-da-paixão roça meu corpo
antúrio secreto rompendo túnicas,
fervilha o sangue em tempestade,
árvores enlouquecidas, nuvens
cor de ardósia... cortinas se excitam
meu corpo se excita.

Incômoda magia
hospedar o fogo sagrado

que se chama amor

Bárbara Lia

fotogarafia - rene asmussen