Thursday, March 02, 2006

the dreams



















THE DREAMS


Eu tinha dezessete (eu tive dezessete)
Asas resvalando paredes de um quarto
voz mortiça murmurando em engasgos:


home along the line of the skyway
for this dark and lonely room
projects a shadow castin’ gloom…



Eu tinha dezessete, esperança sempiterna
(Rasgaram em vão o ódio os que tentaram
matar em minh’alma a habitante mais antiga,
da caixa mais antiga)



Asas em mim, sempre esperando o dia
farfalhar em estardalhaço
das asas a rasgar as paredes negras



Fly away, skyline pigeon fly
Towards the dreams...




As pombas pisam as pedras da Praça Tiradentes,
o homem magro alimenta o bando que chega em vôos
_ alegoria bela _ o voo em coreografia de abismos
O céu baixou ao chão da minha cidade
posso enfim caminhar na linha do horizonte
bebendo poesia, recolhendo dos galhos das árvores:

The dreams...
The dreams...
The dreams...


BÁRBARA LIA

- em negrito - trechos de skyline pigeon fly
elton john