Tuesday, February 20, 2007

CAOS DE PÉTALAS



(Rosas de Manhattan
desmoronam!
Hiroshima & Nagasaki
ao avesso)


Meus desmoronamentos,
assombros - apenas anjos malditos vêem -
recolhem estrelas despregadas da minha
pele-céu
em manhãs desgarradas.
Riem, em segredo,
da minha flor em pedra.


Anjo do avesso,
o que necessito,
pousa em meu ombro
como um raio de pétalas.


BÁRBARA LIA

- O sal das rosas - Lumme editor.