Sunday, February 10, 2008

CANÇÃO DE FOLHAS


Teu olhar de mel e folhas.

Rasgando árvores lunares

seguindo pássaros negros

em um céu de neve

-meu olhar-

Asas sem rota, que capturas

em seus dedos de segredos

e sopras fogo na íris

-novo olhar-fênix-delirante-

Reergues torres destruídas

abres asas em vida

injetas oxigênio e sangue.

Mel bálsamo

pululando em uma partitura

a tocata do amor.

Transparência que arde.

Meu olhar pássaro de fogo

refletido em teu olhar-espelho.

Música

este teu olhar:

Canção de folhas.

BÁRBARA LIA

A fotografia é da minha amiga Ana Mestre, que cursa a Faculdade de Paisagismo e vive em Évora: http://olhares.aeiou.pt/galeriasprivadas/browse.php?user_id=32802