Thursday, January 01, 2009

à espera do búfalo



Tzolkin - calendário Maia
TEMPO = ARTE




O homem marca o tempo
O tempo marca o homem

.

O homem sonha as estrelas
As estrelas sonham o homem
(despencam carentes cadentes)

.

O homem vem do (e volta ao) pó
O pó (de alguns) gruda nas sandálias
da eternidade.
Bárbara Lia