Saturday, March 06, 2010

Peabiru

Peabiru - Pr
.

O poeta Fábo Sexugi é Professor e vive na minha cidade. Nasci em Assai, mas, a cidade da minha infância é Peabiru. Todo o meu imaginário e as descobertas e os primeiros vôos aconteceram em suas ruas empoeiradas e abaixo daquele céu estrelado ou ao som da chuva no telhado. Fiquei bem feliz quando o Fábio contou que na escola onde ele leciona ele incluiu uma poesia minha na agenda escolar. Minha paixão por Peabiru se explica como tantas, é a cidade que todos guardam, onde todos que viveram por lá um dia voltam. Em 2008 passei alguns dias lá na casa da amiga Sueli Rigonato e tiramos várias fotos. O lugar onde as crianças corriam após a missa do domingo. Nossas mães ficavam sentadas em um banco da praça, a criançada em brincadeiras - de passa anel ou de se esconder atrás dos seus bancos e árvores. Minha saudade sempre passeia pela praça escura em noites de domingos memoráveis. Belas e sem a mesma rotina pálida. Naquele tempo não tinhamos TV e não existia o pobre - Fantástico. Era poesia mesmo, de grilos e mariposas, gritos de crianças e conversa partilhada das senhoras.
A poesia escolhida para a agenda está no livro - O sorriso de Leonardo:


.

GOSTO DE CHUVA

.
Para a terra a chuva é doce.

Para a fonte, confidente.
.
Para a criança, bolinhos com canela,
lareira, histórias.
.
Para os sapos - uma festa!
Para mim - alma lavada.
.
.
Para quem dorme a chuva tem
a magia do canto das sereias.
.

Bárbara Lia
O sorriso de Leonardo (Kafka ed. baratas / 2004)
.
.