Sunday, April 25, 2010

Valeu Poa!

Volto de Porto Alegre. Uma viagem/passagem que deixa marcas, que ajuda a sacudir a poeira, dar a volta por cima e abraçar a poesia com mais garra que nunca. No sábado o Wladimir Cazé não chegou a tempo para a nossa mesa redonda e foi substituido por Everton Behenck, um poeta muito jovem que foi - para mim - uma das surpresas do Festipoa. Em maio ele lança seu primeiro livro pela Não Editora. O Cazé transferiu seu lançamento (Macromundo - Confraria do Vento) para o horário da tarde e integrou o recital da tarde com os poetas do projeto da Lais Chaffe. Um encanto ver Porto Alegre como uma grande ciranda de poesia...

Serguilha e eu na Letras & Cia

Feliz por estar com Lais e Everton naquele momento de falar sobre a criação literária e ler nossos poemas, logo após a apresentação do Coletivo de Criação Literária Nos Lemos

Nos Lemos Por Aí - Com leitura dos contos do Sérgio Faraco e dos poemas do grupo. Uma manhã poética em uma Livraria clara com jovens poetas ouvindo os poetas do sul -  Encantada com estes dois espaços que acolhem os poetas de Porto Alegre - Letras & Cia e Palavraria - Lais Chaffe coordena o projeto Cidade Poema - e espalha poesia pela cidade - Logo na entrada da Livraria Letras & Cia - a poesia...


Encontros e trocas e outro inesperado encontro e pequena dádiva, ter sido apresentada ao Sérgio Napp - Músico e Escritor, que ao receber o meu livro retribui com um CD que ouço com a certeza de que Porto Alegre abasteceu minha alma por uma temporada inteira do inverno que me espera - O CD é belíssimo - Ângela Jobim interpreta Sergio Napp - este que ouço agora, com músicas belíssimas do senhor que Sidnei Schneider me apresentou na Palavraria enquanto ele deixava o local - E ele nem sabe o quanto amo música, o quanto amo música popular brasileira e o quanto amo estas pessoas que caminham como quem não quer nada e levam dentro este universo tão bonito e nada dizem, apenas te estendem um cd, um livro e um sorriso. Valeu, Porto Alegre!



.