Friday, June 18, 2010

Prêmio Ufes de Literatura

O gelo da morte na vidraça




Láudano para as dores reais
estas que bailam
nos olhos ejaculados
Para as dores invisíveis
chá de espectros
na chávena em chamas

Nunca me livrarei
dos vampiros anêmicos
Nunca os expulsarei
da mesa rústica
de sal e conchas

Ao meu redor -
a dança alucinada -
reverso do tango:

Ódio amornado em mel
Ódio guardado vaporoso
Ódio consagrado em si bemol

Purpurina enfática cai
nas feridas frias
Como manto de rainha bastarda -
Azul - de ódio adulterado
Bárbara Lia
- Prêmio Ufes Literatura

- Ontem no Espírito Santo aconteceu o lançamento da Antologia do Prêmio Ufes - A poesia acima, uma das  nove publicadas na Antologia.