Monday, April 04, 2011

nadando em luz

Sábado fiquei irada, no real sentido, com um programa que vi na Globo News (Espaço Aberto Literatura). Não gravei o nome do autor que escreveu uma biografia (?) de Fernando Pessoa. Preocupado em compor um retrato da pessoa do Pessoa e não da obra. Acho muito pequeno isto. Desqualificar um mito (como se isto fosse possível) Imaginação? Poesia está aquém e além do Imaginário. Está em um lugar que não se nomina.É Mistério. Caramba. E o que ele detrata é justamente o que há de mais potente na Obra do Pessoa - Extrair POESIA das pedras da rua, da tabacaria, da chuva oblíqua, de um menino jesus raptado do céu, do mar salgado, do Tejo e da rotina de um escritório. Não quero entrar em detalhes, tá na mídia este novo livro. Se quer sair na mídia basta criticar um grande autor. Criar polêmica. Mas, por conta desta minha ira instantânea agora estou nadando em luz. O rito contrário. Jogar luz em, ao invés de demolir. Surgiu um novo tema, um enredo interessante que tem a ver com Pessoa. Fernando Pessoa, é claro que só podia ser ele, o poeta que vou escrever em prosa. Já escrevi poesia para tantos poetas. Para os consagrados que me abalaram, para os que estão nesta estrada e que eu amei. Para tanta gente, e Pessoa ficou ali esperando. Dei de encontro com ele, com eles todos (o poeta múltiplo) e estou assim - nadando em luz...
Quem escrevia por vingança mesmo? Não lembro.
Vou escrever um livro por vingança.
Para não fugir pelos poros o tsunami lírico que me invade, vou dar uma trégua e vou pra uma praia. Preciso um lugar. Preciso silêncio.
Uma trégua no blog. Preciso.


Um lembrete:

Amanhã ( 05/04 ) é o último dia para quem deseja participar do concurso do Site O Bule - que vai sortear um exemplar do meu romance Constelação de Ossos:




Com a roupa encharcada e a alma
Repleta de chão
Todo artista tem de ir aonde o povo está
Se for assim, assim será...
(Fernando Brant / Milton Nascimento)


A poesia segue em uma direção que eu acho a essencial. A mais bonita. Esta de partilha. Em projetos nas escolas que vão acontecer a partir de maio.
Um convite para ir a Adamantina e levar meus artesanais. Isto tudo está sendo traçado pela Kátia Torres, em um projeto que breve publico aqui.
Outro convite da Luciane Heleno pra apresentar poesias para os alunos dela. Muito especial isto. Já dei oficina dentro do Projeto Formando o Cidadão. Os meninos amam poesia, quem disser o contrário não entende nada de Poesia nem de meninos.
E breve vou ter mais detalhes do projeto da Maria Zèlia Lopes - professora de Assaí - que descobriu que existe uma Poeta que nasceu lá. E vou pra minha terra dentro de um Projeto de Leitura. Vai ser emocionante e especial. A cidade onde nasci.
2011 enriquece com esta palavra - partilha.
Esta viagem / livro ao lado do POETA - Pessoa.
Com o nascimento/publicação do livro - Tem um pássaro cantando dentro de mim.