Saturday, October 29, 2011

The man!





Ryan Gosling. Para ser perfeito bastava cantar, com voz rouca quase-Elvis, no mais uma perfeição. My god! Que homem! Existe aquele tipo de homem que é homem desde sempre. Com vinte já tem aquele jeito determinado, olhar de homem e gestos decididos... Creio que ele está na faixa dos trinta anos...
Um ator total. Quando o filme traz Ryan Gosling eu sei que vou gostar. Não sei se ele é que faz as escolhas certas ou se ele é aquele cara que constrói um filme, que leva tudo pela mão e envolve, tipo Javier Bardem...
Ryan Gosling é perfeito - Canta!
Ele canta no filme - Blue Valentine. Belo filme...
Nocauteada pela história, por relatar em diferentes aspectos um pouco de mim. Resgatando o tempo em que vivi assim, um casamento.  
O casamento para mim é um mistério. Uma equação. Avesso do sentir, melancolia sem fim, onde só é possível viver com a razão. Os que se amam demais não conseguem viver uma vida em comum. Tenho pra mim que o casamento é apenas um contrato social. Patético. Desviando amantes verdadeiros, e levando à falência os desejos de Eros. Uma pena.
Melhor lembrar a força e a arte deste moço. My god!
A cena onde ele (Ryan Gosling) canta enquanto ela (Michelle Williams) dança me deixou feliz por saber que ele canta. The perfect man.
Blue Valentine é alucinante por intercalar cenas do sim e do não. Da loucura da descoberta com a constatação de que a chama apaga. Que nem um motel futurista e aquela velha canção vai apagar as ranhuras dos dias. E fica aquele desejo de sentir de novo o ar, respirar sem dor...

Abaixo cena onde ele canta com sua voz rouca. A qualidade desta postagem não é boa, e a legenda está em espanhol, mas, foi a única que achei da forma como está no filme...




***

Ryan Gosling estava compondo uma peça com a sua banda - Dead Man´s Bones - e acabou por gravar um CD. Uma matéria sobre sua "banda assombrada" neste site...