Monday, March 27, 2017

Uma brasa acesa de amor e morte - Bárbara Lia





O Rio de Janeiro
é uma brasa acesa
de amor e morte

Iemanjá pranteia
o diabo goza
as estrelas gritam
as areias respiram
a dor e a glória

o Cristo quer
descascar  a pedra
descer ao asfalto

sambar na quarta-feira
e em cinzas
diluir

— para nunca mais ver tanta dor, ancorado no azul distante.

Bárbara Lia
uma brasa acesa de amor e morte

e-book do selo independente da revista gueto
para ler clicar aqui


Os poemas deste livro são lavados em revolta, alguma mágoa, quiçá desesperança em tempos inóspitos. O poema acima nasceu ao ver esta fotografia - Rocinha à noite - de Kay Fochtmann.
O selo editorial gueto, é um selo independente da Revista Gueto. Um projeto que traz prosa e poesia contemporânea. O meu e-book é o livro 4 do selo. Pode ser lido gratuitamente nessas plataformaspdfmobiepub