Wednesday, July 13, 2005

Álvaro Alves de Farias




A primeira vez que Sylvia Plath
Se aproximou de mim
Trazia nas mãos um poema sem palavras
Com um beijo morto na boca
Ela beijou meus dentes
E se deitou comigo
Num beco sem saída.



(Álvaro Alves de Farias)
*
Poeta paulista que me seduziu para sempre,
depois que li "O sermão do viaduto" e "lindas
mulheres mortas".


photo by Austin Ban