Wednesday, March 08, 2006

porão loquax - wonka bar



Ontem no Wonka Bar - dentro do projeto Porão Loquax, concebido, executado com raça pelo poeta Mário Domingues, Melina Mulazani interpretou poemas inéditos de meu livro inédito. Uma catarse, apoteose lírica, muito linda. Uma feliz coincidência de adentrar o dia das mulheres, duas guerreiras bárbaras no palco, impossível não dedicar o recital às mulheres. Um abraço de carinho em quem esteve lá, e ouviu os cantos bárbaros, e dividiu a bela noite, de poesia e pizza de pão sírio... Registro do primeiro evento solo da Bárbara, da força que é a palavra quando salta das páginas e de tanta coisa boa, prenúncio de que muitas coisas vão passar por um rio de luz, assim, feito a XV - minha rua - na madrugada clareando meu Stalingrado coração. Lembrei a Mariana de São Paulo com esta leitura, de textos que ela gostava. Também sinto desejo de deletar tudo e ser feliz, como ela fez com o sons de cismas. Mas tem um rio, e pela sombra deste rio, eu vou.