Friday, April 13, 2007

KAMCHATKA




















Há alguns anos, quando vi o filme do diretor argentino Marcelo Piñeyro escrevi um texto que está no site Vejo São José.

O menino Harry, antes do desaparecimento de seus pais, vive o seu mundo fantástico infantil, sem saber da perda iminente, no sítio onde a família se refugia, ele e o pai se debruçam em um jogo (war), e ele percebe que quem se refugia - durante o jogo - em Kamchatka, vence a guerra. Kamchatka passa a ser um lugar onde se está a salvo. Kamchatka é um filme de uma sensibilidade que marca. Saber que existe geograficamente na Rússia, terra do fogo, uma península dá legitimidade ao recado do pai... cada qual tem a sua terra aquecida, um lugar onde se está a salvo, razões para abraçar a vida.
Kamchatka, prod. argentina - 2.003 - direção - Marcelo Piñeyro, com Ricardo Darín, Cecilia Roth e Hector Alterio.

http://www.vejosaojose.com.br/barbaralia.htm