Sunday, March 30, 2008

NONADA

... o sábio pronuncia a palavra como fonte de água viva. Não fala pela boca, e sim do mais profundo de si mesmo.
Guimarães Rosa inaugura Grandes Sertões, Veredas com uma palavra insólita: "Nonada". Convite ao silêncio, à contemplação, à mente centrada no vazio, à alma despida de fantasias. Nâo nada. Não, nada.
Sabem os místicos que, sem dizer Não e almejar o Nada, é impossível ouvir, no segredo do coração, a palavra de Deus que, neles, se faz Sim e Tudo, expressão amorosa e ressonância criativa.
do livro A ARTE DE SEMEAR ESTRELAS (Rocco)
FREI BETTO
Assessor de movimentos sociais. Nascido em Belo Horizonte, estudou jornalismo, antropologia, filosofia e teologia. Autor de 54 livros de diversos gêneros literários.