Saturday, August 23, 2008

Luis Serguilha

Um fio de espadas roucas combaterá ao lado do coreógrafo nos lençóis brancos das casinhas esquecidas e um espírro dos goivos alimentará a sentença das raízes entre os mamílos engordurados pelo prado carregado de evaporações.
Lorosa'e - Boca de Sândalo - Luis Serguilha (Campos das Letras Editores S/A, 2001)
...
.
... segue um mínimo fragmento do novo texto do Luis Serguilha, que cita meu livro de poesias Noir, parte de um ensaio que o poeta escreve... quando relançar Noir vou incluir os textos do Serguilha, ao menos um livro meu vai ter algo que meus livros geralmente não tem - prefácio e apresentação...

...as imagens ampliadas/profundas dos corpos fluem através das mandíbulas líquidas-cosmológicas fundadoras do centro atómico-NATUREZA-MULHER:________ as unânimes correspondências das energias libidinais exercitam a plenitude -animal-rizomática-maternal entre as aberturas/devorações/encruzilhadas do corpo-outro e o diálogo labiríntico-original com o mundo:_________ a reciprocidade do fogo das vibrações-das-centelhas-uterinas-das-celebrações forma os cavalos da heterogeneidade dos limites e da auto-construção-genésica onde as loucas marchas do elementarismo paradisíaco/dionisiaco despertam os halos da revisitação do pulsar erótico-alquímico-infabulador fundindo a alteridade, a pluralidade e o analogismo :_________a sonoridade/sensualidade/liberdade dos espelhos das metáforas, as árvores-da-potencialidade-criadora ; as crisálidas das eclosões alucinantes, a respiração expansiva-epidérmica-visual-do-desejo regressam vertiginosamente à dramatização prodigiosa de BÁRBARA LIA.
- Luis Serguilha - Portugal.