Monday, December 21, 2009

Tangência de ferros nos trilhos rasga em uma ternura que ofende de tão bela. Existirá paisagem de dor mais fecunda que trens rasgando trilhos?

Zelda Fitzgerald
.
"...Olho para os trilhos e vejo você chegando - emergindo da névoa e bruma, suas queridas calças amarrotadas correm com pressa para mim - Sem você, muito querido, queridíssimo, não enxergaria nem ouviria nem sentiria nem pensaria..."

Amante, Amante, Querido

Sua esposa

Trecho da carta de Zelda Fitzgerald a Francis Scott Fitzgerald.
fonte - http://literatus.blogspot.com