Sunday, March 14, 2010

O sal das rosas






O QUE ME PERTENCE


O que é maior que eu
faz parte de mim.
A chuva cabe no mar,
a areia no deserto.
Sempre foi assim.


O que é maior que eu
abraço feito fosse Deus.
As coisas pequenas vazam.
Choro por elas, uma noite talvez.


No outro dia
sol clareia a alma.
Descubro o que é meu


para sempre. Os sonhos, as lembranças.
Nossos passos calmos na areia.
O riso dos meus filhos, isto me pertence.

Bárbara Lia
 
(acordei pensando nesta poesia)