Saturday, December 11, 2010

Oxigênio



Pegue um excelente texto (Ivan Viripaev - Sibéria, 1974)
Um ótimo diretor (Marcio Abreu)
Atores que se entregam e arrasam (Patrícia Kamis e Rodrigo Bolzan)
então... Oxigênio!

(...)
"Oxigênio é uma peça de geraçao, a geração do autor, a minha geração. É uma peça de gente que nasceu na década de 70 e ouve músicas com fones de ouvido. Ela condensa uma diversidade de inquietações, debates e irreverências próprios de quem cresceu sob a égide do avanço do consumismo, das transformações políticas em nível global, do terrorismo, do fanatismo religioso, das mudanças de hábito, da confusão de uma "nova ordem mundial" ainda frágil, indefinida, multifacetada.
A partir daí, propomos a reflexão sobre o que e essencial para cada um, relativizando moralidades e polemizando pontos de vista. O que é o oxigênio para você?"
(Márcio Abreu -Curitiba nov/2010)

...

Sacha no jardim de Bárbara - O enleio amoroso do Sacha e da Sacha desvela o mundo atual - o desfecho poético desvela um cenário - na Rússia? poderia ser aqui no meu bairro, poderia ser em um jardim de Buenos Aires, ou em jardim inglês quiçá. Um garoto do interior. Uma garota da cidade grande. Os mandamentos e as leis magnas flanando acima das cabeças. O que a gente não faz por amor? Louco amor.  A música entontece assolando dentro com a potência dos fones de ouvido, isolando o homem do mundo, mergulhado em si (?)
É sobre o que é essencial para cada um.
É sobre caminhar sem ser prisioneiro de nada.
Encontrar o real oxigênio...


...

Companhia Brasileira de Teatro
( Rua José Bonifácio, 135 – Largo da Ordem ),
de 2 a 19 de dezembro de 2010
a partir de texto inédito no país do dramaturgo russo contemporâneo Ivan Viripaev.
As apresentações são as quartas e quintas, às 20h; sextas e sabados, às 20h e meia-noite; e aos domigos, às 18h e 21h.
Os ingressos custam R$15,00 (inteira) e R$7,50 (meia-entrada) e são
comercializados através de reserva antecipada pelo telefone (41) 3223.7996.