Tuesday, January 25, 2011

TOM!

  Antonio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (25-03-1927 / 08-12-1994)


"Ele via o rio passar, roncando nas pedras, as águas espumaradas. Aquele ruído o apaziguava. Na outra margem, começava o pasto que ia dar no morro do Dirindi. 'Dindi' não era, como muitos pensavam, um nome de mulher. Mas sim toda aquela vasta natureza e seus segredos”

(Helena Jobim)
do livro "Antonio Carlos Jobim, Um Homem Iluminado" [Ed. Nova Fronteira].