Wednesday, August 24, 2011

Assaí



Muito bom lembrar Assaí hoje que é meu aniversário. Inaugurei minha vida nesta cidade de onde saí com três anos e da qual ouvia minha mãe falar com saudade, do tempo que ela ia com meu pai ao Cine Ouro Branco ver o seu ídolo Vitor Mature. Há mais de trinta anos estive lá e lembro a rua principal, a Igreja no alto de uma escadaria. Neste ano devo visitar minha cidade no encerramento dos projetos O TEXTO POÉTICO EM SALA DE AULA: BUSCANDO CAMINHOS PARA A FORMAÇÃO DO LEITOR projeto da Maria Zélia Bezerra Lopes  Professora de Língua Portuguesa e A POESIA COMO GÊNERO VIVO NA ESCOLA da Professora Rosana Torquato Galassi. Ambas do Colégio Estadual Barão do Rio Branco - E.F.M.P. Projetos supervisionados pela Secretaria de Educação. Estou em contato com as professoras desde o início do ano. Neste aniversário o presente mais terno é saber que algumas poesias estão sendo trabalhadas em sala e o projeto está em pleno andamento. Elas selecionaram poesias do livro artesanal "Chá para as borboletas",  do livro "A última chuva" e "O sorriso de Leonardo".  Uma rara emoção saber que os meninos e meninas - meus conterrâneos - estão trilhando a minha poesia. Isto é o que se pode chamar de pura alegria. Vou participar do encerramento do projeto dentro de mais ou menos dois meses ao lado de escritores de Assaí e músicos da região. Falar aos alunos, realizar recitais e a pedido das autoras do projeto realizar  uma exposição da minha obra poética. Livros e revistas e a confraternização com os demais autores. Grande emoção, estar lá naquele lugar que foi o primeiro que conheci, o primeiro que me conheceu.