Monday, August 29, 2011

Bárbara Bela do Norte Estrela

Da Herança



Meu pai dizia que ela era forte
e era fiel ao seu amor
Bárbara Bela – de Alvarenga
A conjurada. A louca

Sou guerreira
– este é o nome -
estigma na alma
a vida uma batalha
amores degredados

Nome marcando
passos, destino, travessia
Quem dera ser Beatriz

A bela canção do Chico
A musa de Dante
Uma mulher feliz!

BÁRBARA LIA





Bárbara Bela - Alvarenga Peixoto


(remetida do cárcere da ilha das cobras)

Bárbara bela,
do Norte estrela,
que o meu destino
sabes guiar,
de ti ausente,
triste, somente
as horas passo
a suspirar.

Isto é castigo
que Amor me dá.


Por entre as penhas
de incultas brenhas
cansa-me a vista
de te buscar;
porém não vejo
mais que o desejo,
sem esperança
de te encontrar.

Isto é castigo
que o Amor me dá.


Eu bem queria
a noite e o dia
sempre contigo
poder passar;
mas orgulhosa
sorte invejosa
desta fortuna
me quer privar.

Isto é castigo
que o Amor me dá.

Tu, entre os braços,
ternos abraços
da filha amada
podes gozar.
priva-me a estrela
de ti e dela,
busca dois modos
de me matar.

Isto é castigo
que Amor me dá.