Wednesday, August 03, 2011

The Edge of Love - a única coisa mais perigosa que a guerra é o amor




"A primeira visão que incendeia as estrelas"

O primeiro amor incendeia as estrelas? I don't no. Neste caso fico com o soldado William que apostava no último amor. Inverno e o filme que narra os relacionamentos do poeta Dylan Thomas, quando ele reencontra, em plena Segunda Guerra, o seu primeiro amor. Um quatrilho explosivo. A esposa verdadeira Caitlin. Vera, o primeiro amor de Dylan, e um soldado (William) que fica obcecado por Vera e a pede em casamento antes de se mandar para o front. Muita poesia jorrando na tela...




AMOR NO HOSPÍCIO






Uma estranha chegou
A dividir comigo um quarto nessa casa que anda mal da cabeça,
Uma jovem louca como os pássaros


Que trancava a porta da noite com seus braços, suas plumas.
Espigada no leito em desordem
Ela tapeia com nuvens penetrantes a casa à prova dos céus


Até iludir com seus passos o quarto imerso em pesadelo,
Livre como os mortos,
Ou cavalga os oceanos imaginários do pavilhão dos homens,


Chegou possessa
Aquela que admite a ilusória luz através do muro saltitante,
Possuída pêlos céus
Ela dorme no catre estreito, e no entanto vagueia na poeira
E no entanto delira à vontade
Sobre as tábuas do manicômio aplainadas por minhas lágrimas deâmbulas.


E arrebatado pela luz de seus braços, enfim, meu Deus, enfim
Posso de fato
Suportar a primeira visão que incendeia as estrelas.


DYLAN THOMAS(tradução: Ivan Junqueira)





Dylan Thomas nasceu em Swansea, no País de Gales, a 27 de outubro de 1914. Considerado um dos maiores poetas do século XX em língua inglesa, juntamente com W.Carlos Williams, Wallace Stevens, T.S. Eliot e W.B. Yeats


Dylan e sua esposa Caitlin