Thursday, July 06, 2017

Frida!




Julho é dela. Frida nasceu dia 06 de julho em 1907 e morreu em 13 de julho em 1954. Ela morreu um ano antes do meu nascimento. Em alguns dias eu piro que sou reencarnação de Frida. Senti isto em 1992 quando a conheci ao ler uma biografia escrita por Rauda Jamis. Nunca mais ela saiu da minha vida. É com ela o diálogo maior em toda minha escrita. Em mim vive a marca horrível do vírus que nos ata de forma fatal. O vírus que nada no líquido cinzento da minha medula e que nadava na medula de Frida - esta horrorosa pólio. 
O poema fala da lei da compensação, lírica divagação...


Se pudesse
Refazer em mim
Tua vida
Eu te emprestaria
Os filhos
Que não tivestes
Tu me trarias
O Amor
Do meu amor -
Que eu nunca tive


Sol de Coyoacán
21 gramas - artesanais