Tuesday, July 17, 2018

Algumas palavras do poeta Andri Carvão sobre "Não o convidei ao meu corpo"









O título dá margem a dupla interpretação: não permito que qualquer homem se sinta no direito de me tocar, a escolha é minha" num primeiro plano de sentido e "o vírus da poliomielite invasor do meu corpo", que é o tema central da narrativa.
.
Prosa poética em alta voltagem num híbrido entre romance, ensaio e poesia.
.
Ilustrado com obras do pintor suíço Paul Klee numa edição de encher os olhos. .
.
A relação de Bárbara Lia entre a sua experiência pessoal e outros artistas que vivenciaram algum tipo de enfermidade. .
.
A descoberta da poesia numa cidade interiorana.
.
Os ritos de passagem da infância para a adolescência, da adolescência para a vida adulta e desta para a maturidade. .
.
Enfim autoficção da melhor qualidade.
.
Andri Carvão - Poeta, Artista Plástico, cursa Língua Espanhola na USP. Autor de UmSolParaCadaMontanha (no prelo)                                                                   




Literatura Brasileira Contemporânea. 
@barbaralia8976 #editorakazua #poesia#autoficção #paulklee #fridakhalo


Não o convidei ao meu corpo
Bárbara Lia
Romance - autoficção
149 páginas
Editora Kazuá
Projeto Gráfico - Thiene Magalhães e Evandro Rohden