Monday, April 16, 2007

BEM-TE-VI




.
.
.
.
.
.
.










Ramagem arranha janela.
Sonho: Aeroporto fantasma.
Espíritos de náufragos do Titanic.
Ku Klux Kan ateando fogo ao enforcado.

Sequência horripilante:
A mulher sem olhos na cama,

entre lençóis úmidos de chuva.

Acordo com o bem-te-vi
na manhã de sol
na mesma paisagem.


BÁRBARA LIA
- O sorriso de Leonardo - Kafka ed., 2.004