Friday, July 10, 2009



PEQUENO TRATADO DA DELICADEZA
.
p/Rodrigo de Souza Leão
.

Rimbaud te espera
No barco bêbado encalhado
Em um mar crespado de turmalinas
-lágrimas dos poetas-
Nas mãos, duas taças de absinto
Para brindar a vida fera
Dois homens de branco
Ancorados na beleza
A repartir
O fogo santo
O espanto
O canto
O eterno canto
Dos poetas...
-Por delicadeza
Perdi minha vida-
Por delicadeza
Entregamos a vida
Aos escarros
Por delicadeza
Entregamos a carne
Aos caninos ávidos
Por delicadeza
Atravessamos a bruma
Com lírios brancos
Nos braços
Rimbaud sempre à espera
Para brindar
A eterna primavera


Bárbara Lia

.
O Portal Cronópios publicou uma homenagem ao Rodrigo de Souza Leão, várias vozes e
um único canto - saudades.

http://www.cronopios.com.br/site/poesia.asp?id=4083


A poesia não quer adeptos, quer amantes.
Federico Garcia Lorca