Saturday, September 01, 2012

Sáfaras noites bárbaras...


fac-simile da poesia - Wild Nights - Emily Dickinson



Tradução da poesia está na página de Emily Dickinson no link acima, em tradução de M. C. Ferreira:







Sáfaras noites bárbaras! 
fosse eu por ti 
vi'king's - cenário e fúria 
nossa luxúria! 

Correr coxias 
Donne's - compassos - 
porto in'seguro 
e cuor ingrato! 
De um bote ao éden 
THALASSA! THALASSA! 
possa essa noite ricochetear 
maremotos!

Emily Dickinson
trad. M.C. Ferreira