Sunday, September 16, 2007

Aurora

LORCA EN MI CORAZÓN

Gazal de espumas
treze constelações rimadas
clave de Fá escondida
na estrela mais clara.

Touro triste dança
ao manto de mariposas
vomita rosas
chora arraias.

Lua de Lorca
desfia-se à morte
incinera seus raios
em luto andaluz.

Corcéis golpeiam
o vento perfumado
que acariciou o poeta
em noites lendárias:

guitarras
pianos
poesias
títeres
Dali
verde
que te quis
azul
do(amo)res
castanholas
flores
flores
(vida em Granada)

- BÁRBARA LIA -

... pequena homenagem ao final da semana Lorca...
in mi corazón