Saturday, October 10, 2009

Movimento em Falso





O Telecine Cult está apresentando em todas as sextas de outubro a sessão - Drive In - dedicada aos trabalhos menos conhecido do diretor Wim Wenders. Ontem vi Movimento em Falso, interrompido pela chegada de uma visita, algumas cenas perdidas. Você convida a visita para ver o filme - Vamos ver Win Wenders. O filme começa com a mãe que leva o filho a estação e diz para ele não se abalar com aquela estranha pergunta - O que você faz? É claro que todo mundo se surpreende quando você não diz, médico, contador, professor... Genial a velhinha dizer para ele se impor como escritor. On the road. Pela sinopse acreditei que o filme todo seria em um trem, os personagens deixaram o trem, pegaram um carro, atravessaram cidades alemãs. Nastassja Kinski uma menina. O filme traz uma atriz que não mais ouvi falar - Hanna Schygulla - e Rudiger Vogler no papel do escritor. Tem um senhor mais velho, um atleta olímpico que foi um dos torturadores nos campos nazistas e leva a garota Mignon - Nastassja - com ele na viagem, a atriz e um poeta que encontram no trem nesta travessia. Quando o filme é dele eu me sento e espero para ver poesia - e uma das falas do escritor - mais vale querer escrever que escrever, mais vale querer amar que amar. É o desejo que impulsiona o mundo. O querer. As asas. As asas do desejo.